Enquadrado no Dia Mundial da Internet Segura que se assinala esta terça-feira, 7, sob o lema: “Unidos por uma Internet mais positiva”, a ARME promove amanhã, as 11 horas, uma palestra alusiva ao lema, para falar com os alunos e professores da Escola Secundária Fulgêncio Tavares, em São Domingos, sobre assuntos que tem que ver com a utilização responsável e segura da Internet.

A palestra está a cargo do Eng.º Emanuel Livramento, Diretor do Departamento de Tecnologias de Informação, na ARME e visa alertar a comunidade educativa daquela escola, para temas candentes da atualidade no mundo do ciberespaço relativos à problemática da privacidade, segurança, proteção de infância no online, salvaguarda dos direitos autorais, uso consciente e seguro da internet, quanto mais não seja, numa altura em que a rede mundial de computadores, está presente nas nossas vidas.

Outrossim, a efeméride tem como objetivo, ainda, consciencializar a população sobre o uso seguro, ético e responsável das tecnologias de informação e comunicação (TIC). Mas também para os cuidados a ter face às mudanças ocorridas nas novas abordagens comunicacionais, por causa da internet. Se por um lado o mundo digital trouxe-nos uma imensidão de possibilidades, por outro, ele exige cuidados redobrados, nesta que é a autoestrada de informação e comunicação, onde o tráfego é cada vez mais intenso.

Uma delegação da ARME composta pela sua presidente, Leonilde Tatiana dos Santos, os administradores, João Tomar e Carlos Ramos e as diretoras dos departamentos de Comunicações Eletrónicas e Postais; Jurídico, de Mediação e Apoio ao Consumidor, Carine Monteiro e Ailine Conceição, respetivamente, visitou na última sexta-feira, 3, aos Correios de Cabo Verde para, na qualidade de entidade reguladora do setor, inteirar-se do funcionamento da instituição.

Esta visita que o conselho de Administração da ARME efetuou aos Correios de Cabo Verde, acontece no âmbito das visitas às instituições e decorre de um dos três eixos que enformam os propósitos da sua gestão, assente numa regulação com espírito de diálogo, concertação, excelência e proximidade com todas as reguladas.

Assim, durante esta visita, a delegação da ARME pode assistir à apresentação da empresa feita pelo presidente do Conselho de Administração, Isidoro Gomes, onde falou-se das atividades desenvolvidas e dos seus desafios, assim como as áreas estratégicas a serem desenvolvidas por esta entidade, com vista a melhoria da qualidade de serviços prestados aos consumidores e, assim, potenciar novos nichos de mercados e oportunidades de negócios.

Recorde-se que, enquanto entidade reguladora do setor cabe, entre outros, a ARME garantir a qualidade de serviços postais prestados no país. Neste particular já existe um Convénio de Qualidade de Serviço Postal Universal rubricado em 2021, entre a ARME e os Correios de Cabo Verde.

 

 

 

Dentro de pouco tempo o Município do Maio contará com as ruas, avenidas, largos, praças, pracetas, denominadas e casas numeradas. O protocolo de cooperação com a Câmara Municipal da ilha do Porto Inglês que visa, entre outros, implementar um sistema de toponímia e endereço municipal alinhado com o novo Código Postal de Cabo Verde, foi rubricado esta segunda-feira, 30 de janeiro, entre a presidente do Conselho de Administração da Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME), Leonilde Tatiana dos Santos e o edil maiense, Miguel Rosa.
Para a PCA da ARME, entidade que regula o setor postal, a assinatura do protocolo de cooperação com a Câmara do Maio é um sinal claro de que a instituição que dirige, prima por uma gestão aberta, ética e responsável, em ordem a estabelecer relações de parceria e proximidade com as instituições, a fim de garantir, por um lado, o equilíbrio económico-financeiro das empresas reguladas, mas também a defesa dos legítimos interesses dos consumidores.
Deste modo, no caso da edilidade do maio, com o arranque deste projeto de toponímia e endereço municipal os ganhos serão enormes, já que uma vez atribuída os nomes às ruas e numeradas as portas das residências, os consumidores/utilizadores estarão em condições de receber as suas encomendas, faturas de água e eletricidade, nas respetivas residências.
“A integração da toponímia no novo Código Postal de Cabo Verde (www.codigopostal.cv), vai permitir que as operadoras do serviço postal possam entregar as encomendas e correspondências aos seus destinatários, nas suas próprias residências, através de nomes de ruas e números de portas”, acredita Leonilde dos Santos para quem a Polícia Nacional e o Bombeiro Municipal também vão beneficiar desta iniciativa conjunta entre a Câmara Municipal do Maio e ARME, pois, facilita as operações, em caso de emergência.
Além da toponímia, o protocolo de cooperação ora assinado entre as partes visa, ainda, o compromisso da ARME, em envidar todos os esforços no sentido de trabalhar junto das entidades competentes, para retomar a implementação da segunda fase do projeto SV4D - Aldeias Sustentáveis para o Desenvolvimento, a fim de dotar a ilha de melhores condições de conetividade de internet, em locais públicos.
Por seu turno, o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Rosa, sublinha a importância do ato e disse que, doravante, a edilidade vai puder reconhecer as figuras e personalidades da ilha, que muito tem contribuído para o seu desenvolvimento, através de atribuição dos seus nomes às ruas, em vários bairros do município.
Além de homenagear às personalidades individuais e coletivas da ilha, Miguel Rosa alinha-se, igualmente, pelo mesmo diapasão que a PCA da ARME, reconhecendo que, a integração da toponímia no Novo Código Postal de Cabo Verde vai facilitar as operadoras do setor postal, na entrega das encomendas e outros serviços, nas residências dos próprios munícipes.
A retoma da segunda fase do projeto SV4D, que vai impulsionar o Projeto Maio Digital deixou, igualmente, o edil Miguel Rosa satisfeito. “Temos o compromisso da segunda fase do Projeto Maio Digital e, por isso, contamos com a colaboração da ARME para que juntos possamos efetivar estes projetos que constam do protocolo que acabamos de assinar e que contam com outras parcerias”, assevera Rosa que classifica de excelentes as relações com a ARME e que espera dar bons frutos, no futuro.
Recorde-se que, durante a permanência na ilha do Maio, a delegação da ARME visitou, segunda-feira, 30, de manhã, as instalações da entidade gestora Águas e Energia do Maio para, enquanto reguladora do setor, inteirar do sistema de funcionamento daquela empresa municipal. No final, Leonilde dos Santos diz-se satisfeita com o que viu, embora reconheça que ainda existe desafios, mas a visita da ARME visa ,justamente, identificar os problemas e ver de que forma os possa ajudar a resolver.
Outrossim, a ARME aproveitou, ainda, o período da tarde de segunda-feira, 30 de janeiro, para apresentar o Relatório de Avaliação de Desempenho dos Serviços da Rede Móvel e Cobertura na ilha, o que permitiu partilhar com os presentes o panorama geral de acesso aos serviços móveis no Maio.
 

 
A Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME) promoveu no passado sábado, 28, uma conversa aberta com os alunos da Escola Secundária Horace Silver, na ilha do Maio, para assinalar o Dia Mundial da Internet Segura que, este ano se celebra sob o lema: “Unidos por Uma Internet Segura”.
O evento aconteceu durante a visita que uma delegação desta entidade reguladora, liderada pela sua presidente, Leonilde Tatiana dos Santos, efetuou à ilha do Porto Inglês, entre os dias 28 e 30 de janeiro para, entre outros propósitos, assinar com a Câmara Municipal, um protocolo de cooperação.
A conversa aberta, que demorou pouco mais de uma hora, foi orientada pelo Eng.º Emanuel Livramento, diretor do Departamento de Tecnologias de Informação (DTI) que, na ocasião, falou aos alunos e professores sobre os cuidados a terem para o uso responsável da internet, enquanto ferramenta fundamental de comunicação, nos dias que correm.
De acordo com Emanuel Livramento, na era digital, a questão da privacidade fica comprometida, quando, por exemplo, partilhamos as nossas informações nas redes sociais. Tudo porque, perigos como: golpes virtuais; software malicioso; vulnerabilidades dos navegadores, violação de dados; fake news e assédio virtual (cyberbullying), estão sempre às espreitas, pelo que todo o cuidado é pouco.
Durante a exposição do diretor do DTI, registou-se várias participações de alunos e discentes a darem as opiniões sobre a temática, mas também a partilharem as suas experiências na internet e a quererem saber mais sobre os perigos a que estão sujeitos, quando navegam na rede mundial de computadores, sobretudo numa altura em que a internet já faz parte das nossas vidas.
No final, o palestrante e a delegação da ARME, presente no evento, ficaram extremamente satisfeitos, já que o nível de participação dos alunos superou todas as suas espectativas.
 
 
 
 

A Presidente do Conselho de Administração da ARME, Leonilde Tatiana dos Santos assina com a Câmara Municipal do Maio, na próxima segunda-feira, 30, o protocolo de cooperação que visa implementar o sistema de toponímia e endereço municipal, em conformidade com o novo Código Postal de Cabo Verde. O documento estabelece, ainda, o firme compromisso da instituição em trabalhar com as entidades competentes, para retomar a segunda fase do projeto SV4D - Aldeias Sustentáveis para o Desenvolvimento - a fim de dotar a ilha de melhores condições de conetividades de internet, em locais públicos.

Durante o período compreendido entre 16 e 20 de janeiro, o relatório semanal sobre a evolução de preços do petróleo e seus derivados, dá conta que a média de variações das cotações do petróleo Brent foi positiva em 0,96 por cento. A cotação média ficou em 86,35 USD, o que representa um acréscimo de 4,43% quando comprado com a semana anterior, cujos valores situavam em 82,35 USD, por barril.