Atualização de preços máximos de combustíveis- março 2020

A Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME) atualiza  os novos preços máximos dos combustíveis, a vigorarem a partir das 00 horas do dia 1 de março de 2020, nos termos do  Decreto-Lei nº 19/2009, de 22 de julho, que define os princípios orientadores e a fórmula de calculo dos preços máximos de venda ao consumidor final. 

Assim, conforme a nova tabela, o Petróleo passa a ser comercializado a 82,90 ESC; o Gasóleo Normal a 94,40 ESC; a Gasolina passa a 121,10 ESC; o Gasóleo para Electricidade passa a 79,20 ESC; o Gasóleo Marinha passa a 66,90 ESC; o Fuel 380 passa a 61,90 ESC e o Fuel 180 passa a 66,20 ESC. Já o Gás butano a granel passa a custar 138,30 ESC, sendo que as garrafas de 3Kg passam a ser vendidas a 394,00 ESC; as de 6Kg passam a 830,00 ESC; as de 12,5Kg passam a 1729,00 ESC e as de 55Kg passam a 7.607,00 ESC.

Conjuntura Internacional: 

De acordo com os dados publicados no Platts European Marketscan e LPGasWire, os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, apresentaram descidas durante o mês de fevereiro (de 7,75%) relativamente ao mês de janeiro, com a exceção do Butano. Assim, as cotações da Gasolina, do Jet A1, do Gasóleo e do Fuelóleo (alto teor de enxofre) diminuiram 7,91%, 14,16%, 12,14% e 3,63%, respetivamente. O Butano aumentou 8,81%. 

Os preços do petróleo nos principais mercados internacionais recuaram durante o mês de fevereiro, cerca de 12,5% relativamente ao mês de janeiro, essencialmente pela reação dos mercados à divulgação de novos casos de coronavírus, na Coreia do Sul, Irão, e Europa, onde se destaca a situação de Itália e também pela preocupação dos investidores com o facto de não haver acordo no seio da OPEP quanto a uma maior redução dos cortes de produção do petróleo. Para além disso, o aumento dos stocks de petróleo nos EUA contribuíram para reduzir os preços de BRENT.

No mercado cambial a cotação do último dia (útil) do mês de fevereiro do câmbio EUR/USD, tendo como referência a BLOOMBERG  (14 horas no horário de Frankfurt), evidenciou uma ligeira depreciação do euro face ao dólar dos Estados Unidos, em 0,53% (1,0990), comparado ao câmbio do último dia do mês de janeiro. O gráfico seguinte evindencia a evolução diária do câmbio Euro/dólar, nos últimos três meses.

Mercado Interno: 

Outrossim, no mercado interno, os preços do Gasóleo Normal, Gasóleo Eletricidade e Gasóleo Marinha diminuiram 7,27%, 8,55% e 8,73%, respectivamente. A Gasolina e o Petróleo diminuiram 3,81% e 9,10%, respectivamente. Os preços do Butano, de Fuelóleo 180 e Fuelóleo 380 aumentaram 3,91%, 13,94% e 19,96%, respetivamente. 

Comparativamente ao período homólogo (março de 2019), a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a uma diminuição de 3,26% e, relativamente à variação média ao longo do ano em curso, ela corresponde a um aumento de 1,13%. 

A evolução dos preços dos produtos petrolíferos no mercado internacional, aliada à depreciação do euro face ao dólar americano e o estabelecido na Resolução do Conselho de Ministros da passada quinta-feira, 27, que suspende, temporariamente, a aplicação do mecanismo de fixação de preços dos combustiveis, concernente  ao fuel 380 e 180, respectivamente, previsto no Decreto-Lei nº 19/2009, de 22 de junho, determinaram os preços dos combustíveis, ora fixados, no mercado nacional.

Deste modo,  os novos valores do parâmetro CP (Custo de Aquisição do Produto) e os correspondentes preços máximos de venda ao consumidor final dos combustíveis regulados, passam a vigorar entre 01 e 31 de março de 2020 (ver Tabela).

 

Newsletter

Inscreva-se no nosso newsletter e receba as nossas actualizações.
Please wait