Relatório Estatístico das Comunicações Electrónicas 1º semestre 2019

A Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME) é, nos termos da lei, a entidade responsável pela recolha, análise e divulgação de informação estatística do sector das comunicações eletrónicas e postais, em Cabo Verde.

Neste sentido, a ARME publica o Relatório de Indicadores Estatísticos do Mercado das Comunicações Eletrónicas referentes ao primeiro semestre de 2019, reportando a taxa de penetração dos serviços de telefonia móvel e fixa, do serviço de internet e da televisão por assinatura e a evolução de tráfego de voz e de SMS, na ótica dos mercados retalhistas.

Assim, de acordo com os dados do documento, pode-se destacar que no final do mês de junho de 2019, o serviço de telefonia fixa contava com 59.934 assinantes, correspondendo a uma taxa de penetração de 11 acessos por 100 habitantes, o que traduz um decréscimo de 7% em relação ao período homólogo do ano passado. Já no que concerne ao primeiro trimestre de 2019 verifica-se um decréscimo em torno de 3%.

Relativamente ao tráfego de voz, o panorama do mercado de serviço de telefonia fixa, aponta para um volume de tráfego gerado, durante o segundo trimestre de 2019, na ordem de 10 milhões de minutos na rede fixa, correspondendo a um decréscimo de 8% em relação ao primeiro trimestre de 2019. No que concerne ao período homólogo do ano passado, apresenta-se um decréscimo de 44% no total do tráfego de voz.

Já em relação aos serviços de redes móveis, o relatório refere que o número total de cartões SIM ativos no mercado móvel em Cabo Verde, em junho de 2019 foi de 579.308, o que representa uma diminuição de 3%, comparativamente ao primeiro trimestre do mesmo ano. Em relação ao período homólogo de 2018, este serviço apresenta um decréscimo de 3,6%. A taxa de penetração neste período foi de 105%.

No que concerne o serviço de acesso à internet, registaram-se 415.801 assinaturas no segundo trimestre de 2019, dos quais 89% utilizaram efetivamente o serviço pela tecnologia Banda Larga Móvel (small screen),fixando a taxa de penetração do acesso ao serviço de internet em 76%, apresentado um aumento de 15% em relação ao trimestre homólogo do ano 2018. O acesso ao serviço de internet pela tecnologia DSL contou com 16.703 assinaturas neste período, apresentando assim um aumento de 11% em relação ao período homólogo do ano passado.

Ver o documento completo:

 

Newsletter

Inscreva-se no nosso newsletter e receba as nossas actualizações.
Please wait